Quinta-feira, 21 de Abril de 2005

A fragilidade dos argumentos da Comissão Nacional de Luta contra a SIDA

Muitos de nós receberam as respostas enviadas pela Comissão Nacional de Luta contra a SIDA, no que diz respeito À justa pretensão que manifestamos para que se realize o rastreio das hepatites conjuntamente com o anunciado a algumas vezes adiado rastreio da SIDA. Vou publicá-la aqui, para quem não teve oportunidade de enviar o e-mail e fazer um pequeno comentário sobre a mesma:

««««««« Em resposta ao V/ e-mail manifestamos a mesma preocupação e vontade de tomar as medidas mais eficazes na defesa da saúde.

Como deve ser do seu conhecimento, em todos os rastreios que já desenvolvemos desde 2003 (Rastreio do Ensino Superior, Rastreio nas Prisões), foi sempre incluído o teste de Hepatite B e C. Foram, no entanto, rastreios cuja adesão estava garantida pela metodologia e logística instituída.

De resto, a Hepatite C é uma das co-infecções mais prevalentes da infecção VIH/SIDA, pelo que o seu rastreio assume importância relevante e, por isso foi analisada, em devido tempo, a sua inclusão.

O Rastreio Nacional a que faz referência é, de facto, uma medida essencial que nos permitirá conhecer melhor, a todos nós, o estado serológico da população portuguesa.

Contudo, o VIH já pode ser rastreado por um teste rápido, realizado em sangue obtido por simples picada no dedo e com resultado imediato, teste que ainda não é possível em relação ao VHC, que implica, para seu estudo, a colheita de sangue em veia do antebraço e posterior análise em laboratório.

Assim sendo, para o rastreio porta-a-porta, teriam de ser utilizados outros meios logísticos, com eventual impacto negativo na adesão, o que, em última análise, poderia vir a inviabilizar a robustez estatística deste projecto nacional.

Se, entretanto, viermos a ser confrontados com a aprovação, quer pela FDA, quer pela EMEIA, dos testes rápidos para o VHC - conforme resultados preliminares já apresentados na literatura científica - a sua inclusão neste projecto será ponderada.



Com os melhores cumprimentos.



Carlos de Figueiredo »»»»»»»»»»


MEU COMENTÀRIO

Louve-se a atitude de ao menos responder aos e-mails, por parte da CNLCS.

Eu penso entretanto que o governo português não deve nem tem que estar à espera da FDA ou da EMEIA, para agir em defesa do interesse nacional, principalmente numa altura em que a credibilidade desses organismos é mesmo colocada em causa, a nível internacional e levando-se em consideração a vantagem econômica que lhe traria o rastreio conjunto.

O facto é que já existem testes rápidos disponíveis para as hepatites B e C, no mercado e com óbvias vantagens econômicas sobre a colecta de sangue ( que realmente complicaria a operação logística ). Esses testes rápidos são muito similares aos da SIDA e tem baixo custo. O que a Comissão deveria fazer era solicitar o parecer a especialistas portugueses e mesmo internacionais sobre estes testes que embora não tenham sido AINDA aprovados, ( não significa serem inadequados ou ineficazes ) são fabricados por empresas estabelecidas no mercado e que podem ser avaliadas de forma independente pelo seu próprio desempenho e produtos.

Amanhã ou depois ao ser confrontado com a perda econômica que representou o desperdício da oportunidade de se fazer o rastreio conjunto, irá a Comissão responsabilizar o FDA ou a EMEIA pela demora na mais que provável aprovação dos testes ?

Não, essa responsabilidade em ultima análise, cabe ao governo português.

Acho que deveríamos enviar essa resposta de volta à CNLCS.

Quanto ao Gabinete do Ministro da Saúde, continuamos à espera que se manifeste. A SOS Hepatites já enviou também um pedido de audiência.

Val Neto

publicado por ValNeto às 23:07

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Anónimo a 5 de Maio de 2005 às 00:18
Faltam 21 dias para a Feira do Livro de Lisboa
- O Ano do Golfinho -feira do livro
(http://ooolivro.blogs.sapo.pt)
(mailto:ma@sa.pt)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.subscrever feeds

.posts recentes

. Missa do 7º dia

. Comunicação

. Contactos da SOS HEPATITE...

. A séde da SOS Hepattes es...

. Fibrotest e ActiTest, sub...

. Os direitos dos doentes

. Arranque público da petiç...

. Variações nos níveis das ...

. URGENTE - Importante Noti...

. Colabore com a petição a ...

.as minhas fotos

.as minhas fotos

blogs SAPO