Quarta-feira, 27 de Outubro de 2004

Todos os e-mails serão respondidos e os depoimentos publicados

Devido à quantidade de e-mails, telefonemas e contactos que recebi na sequência da matéria publicada recentemente no Correio da Manhã, ainda não me foi possível responder a todos, o que farei aos poucos. Um a um, publicarei também os depoimentos que foram autorizados. Aos interessados em participar num grupo de apoio que me contactaram também darei notícias brevemente. Quem quiser contactar o Blog, envie e-mail para valneto@netcabo.pt

Quem quiser exprimir a sua opinião, comentar artigos ou simplesmente desabafar pode sempre usar o link "comentar" abaixo e à direita de cada artigo aqui colocado. E pode sempre fazê-lo anonimamente, bastanto para isso usar um nick-name e não preencher o espaço destinado ao e-mail de quem comenta. Deixo também os meus agradecimentos pelas inúmeras mensagens de incentivo e apoio que temos recebido.

Val Neto
publicado por ValNeto às 19:08

link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 10:25
Olá Vitor

O seu depoimento é bem ilustrativo das dúvidas e de "um certo abandono" que sentimos todos ( uns mais, outros menos ). Quero dizer-te algumas coisas : 1 - Mantenha a calma, o pânico não te ajuda em nada. 2 - Continue afastado das drogas e do alcool. Caso inicie o tratamento com interferão e ribavirina, não deve consumir Cannabis, de preferencia 6 meses antes do inicio ou durante o mesmo, segundo informação que consta do livro "120 perguntas sobre a Hepatite C" da editora Quimera que me parece um bom e actualizado manual para quem quer informar-se sobre a Hepatite C e sobre o tratamento. - 3 -Converse com a sua médica, diga-lhe como se sente e peça novas consultas a um Gastroenterolgista ou Hepatologista e também consulta psquiátrica. Guarde todas as suas análises, inclusive biópsias , se for o caso. Voce tem direito a elas ! Vá ao Garcia da Horta e peça ao Gastroenterolgista os resultados das análises que fez. - 4- O Fígado via de regra não dói e a Hepatite C geralmente não apresenta sintomas. Não tenha medo, há possibilidade de cura e há como "ratardar" a acção do virus preservando qualidade de vida. É importante a biópsia para determinar se há necessidade ou não do tratamento e a extensão do dano eventualmente já causado ao fígado. Sabe-se também que pessoas contaminadas quando jovens tem mais possibilidades de cura do que se fossem contaminadas mais tarde. Pelo que me apercebi, ainda és um jovem. Ampare-se no apoio que lhe dão a sua namorada e familiares, desabafe, não se isole, faça uma vida normal. Não tente enfrentar sózinho todas essas dúvidas e situações, mantenha uma atitude positiva. Mas não neglicencie o seu tratamento. Tens direito a ele ! Se as coisas não andarem procure o Santa Maria ou Egas Moniz. Mantenha contacto com o Blog. Sempre pode dar jeito e aparecer uma informação util. Força !Val Neto
(http://www.valneto.com)
(mailto:valneto@netcabo.pt)
De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 03:49
bom trabalho, Val. um convite à dor de cabeça se for sério, mas seja!Tangas
(http://tangaslesbicas.blogs.sapo.pt)
(mailto:tangas_lesbicas@sapo.pt)
De Anónimo a 28 de Outubro de 2004 às 00:33
Tenho hepatite c a cerca de 10 anos,fui infectado devido a drogas duras das quais me livrei quando soube por mero acaso no hospital que tinha essa doença.Nesse momento tudo me caiu em cima, nao era informado sobre o assunto pois isto foi há 8 anos,e nesse momento so me ocorreu uma coisa: Curar-me da Heroina.
Assim o fiz, muito a custo mas consegui,graças à minha familia e à minha propria força de vontade.O meu primeiro ano sem drogas duras foi vivido um pouco em excessos no que diz respeito a vida da noite, pois sentia-me super bem e queria era viver e desfrutar pelos cinco anos que andei viciado.Após esse ano comecei a assentar, a namorar e a tirar um curso de informatica e passei assim a orientar objectivos de vida em comum com a minha namorada.Nunca mais usei drogas duras a nao ser e gosto de ser sincero que fumo todos os dias um cigarro de haxixe para ficar calmo,como se fosse um calmante.Estou a dizer as coisas com a mais pura da verdade. Acontece que desde que tenho internet comecei a questionar-me sobre o virus e a assimilar informaçao.
Resultado:
Quando me começo a aperceber da gravidade do assunto passei a estar constantemente em pãnico e fui ao medico e ele mandou-me a um Gastrentorologista no Hospital Garcia de Horta que por sua vez me mandou fazer analise para detectar o genotipo do virus e para eu aguardar pois iria ser chamado em breve para fazer uma biopsia.De facto ja se passou um ano e nada me dizem e neste ano fui assimilando muita informaçao e confesso...tenho....tenho muito medo.Sinto-me a modos que só,mesmo acompanhado, estou sempre enfiado em casa e qualquer coisa ou dorzita que sinta na zona abdominal fico em pãnico.Não sei com quem falar...perdi o meu trabalho devido a estar sempre deprimido e de momento ajudo a minha mae num cafezinho que ela tem.Sinto como se a minha cabeça fosse explodir de tanta incerteza e afliçao e devido a tudo isso fico super instavel emocionalmente.
Peço-vos desculpa por este desabafo mas quando vi a entrevista da Karen decidi falar algo por aqui...mais que nao seja desabafar um pouco o que sinto.
Depois de me ter livrado das drogas duras e me recuperar e definir objectivos de vida...foi como se uma tormenta se abatesse em mim.Nao sinto gosto por nada,,,,,tudo é muito vago e as coisas perderam um certo sentido , pois so penso que vou morrer cedo e que vou sofrer e acima de tudo sentir o sofrimento de minha familia.Confesso que ja pensei em muita coisa quando andei muito deprimido...coisas do genero de desaparecer!...Agora estou mais estavel pois tenho acompanhado a informaçao de maneira mais selectiva pois ha muita coisa na net e para quem nunca soube nada foi uma carga muito grande que nao consegui digerir.
Eu inclusive deixei de tomar qualquer genero de bebida alcoolica por medo devido ao excesso de alcool que consumi nos primeiros tempos de cura.
Presentemente e para nao ter que ir para um psiquiatra apenas consumo um cigarro de haxixe como por ritual cerca de meia hora antes de me deitar.Nem é para me sentir "pedrado", é que o haxixe faz-me ficar calmo e tenho uma noite de sono tranquila. Se assim nao fosse decerto teria de andar a tomar ansioliticos, anti depressivos etc etc.
Eu sei que me podem criticar mas esta droga leve funciona como um medicamento autentico na estabilizaçao do meu humor.
Neste momento estou a espera de uma consulta no meu medico da caixa mas la vou eu de novo para o Garcia de Horta..e ando assim...
Nao tenho muitas posses,mas quem me aconselham como bom medico para me ajudar? E um psiquiatra?
A minha vida esta a modos que bloqueada...nao caso, nao sei se quero ter filhos...(pois estarei ca para os acompanhar)?...todos estes medos estao a dar comigo em nem sei o quê!...
Se precisarem de alguma coisa...para ajudar a formar uma Associação...sei lá...algo em que possamos partilhar uns com os outros sem sermos rotulados.Nem sequer me deixaram fazer um seguro dentario porque tenho o virus:(...quando disse a minha dentista que era portador ela nunca mais me atendeu.GOstava que me pudessem indicar um dentista que seja bem informado e nao tenha problema por eu ser portador.
A população em geral esta mal informada....nao temos apoio nenhum....Por exemplo, eu estava a trabalhar numa loja de roupa e era um excelente funcionario, dinamico, bom com os clientes...até me subiram para responsavel de turno.Assim que fomos à inspecçao medica que é rotina foi detectado algo de errado nas minhas analises.Mandaram fazer especificas e so sei que no fim do contrato mandaram-me embora e antes tinham-me dito que quando eu viesse de ferias ja tinha a renovaçao para assinar.
Todas estas coisas me deitaram por terra...estou sem trabalho...vou ajudando a minha mae mas nao chega.
Gostei da Karen na entevista, ela tem uma força muito grande.Quanto a ti meu caro criador do site só te posso dizer uma coisa: muitos parabéns pelo empenho.
Muito obrigado a todos e contem comigo!
Vitor
Vitor Costa
</a>
(mailto:titus91@hotmail.com)

Comentar post